SEPDA AVANÇA NA ADOÇÃO DE PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS PADRÃO (POPs) EM SUAS UNIDADES


O secretário Vinicius Cordeiro editou resolução constituindo Grupo de Trabalho (GT) para a elaboração de normas procedimentais para as atividades dos profissionais veterinários, os protocolos a serem observados, bem como os procedimentos padrão a serem adotados nas instalações físicas.

O GT conta com a participação de servidores, bem como de integrantes do meio acadêmico, como os professoras Rosana Colatino Soares Reis e Juliana Strapasson, da UFRRJ (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro). O GT, que já está se reunindo, depois de 40 dias para  concluir seus trabalhos, para a SEPDA começar a implantá-los.

RESOLUÇÃO “P” Nº 48 DE 09 DE SETEMBRO DE 2016.

CRIA GRUPO DE TRABALHO PARA ELABORAR PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS PADRÃO NA UNIDADE FAZENDA MODELO

O SECRETÁRIO ESPECIAL DE PROMOÇÃO E DEFESA DOS ANIMAIS, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor e,

CONSIDERANDO a necessidade de se regular adequadamente os Procedimentos Operacionais Padrão, por parte dos profissionais médicos veterinários na Unidade Fazenda Modelo;

CONSIDERANDO a necessidade de se regular as condições físicas para o trabalho dos aludidos profissionais;

CONSIDERANDO a necessidade de se recolher a experiência dos servidores deste Órgão e a experiência de representantes do Meio Acadêmico e da sociedade civil.

RESOLVE

Art. 1º Fica constituído o Grupo de Trabalho (GT) integrado por servidores deste Órgão e membros da sociedade civil, com o fim de elaborar Procedimentos Operacionais Padrão na Unidade Fazenda Modelo.

Art. 2º Ficam designados para integrar o GT os seguintes servidores: MAURO BLANCO BRANDOLINI, relator, matrícula 51/230.597-7, CRMV/ RJ nº 4.182, e FERNANDO DA COSTA FERREIRA, secretário, matrícula 11/175.280-7, CRMV/RJ nº 4.917. Participarão também as médicas veterinárias ROSANA COLATINO SOARES REIS, CRMV/RJ nº 11.261, e JULIANA STRAPASSON, CRMV/RJ nº 12.087, oriundas da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Art. 3º O GT tem prazo de 40 (quarenta) dias para concluir os trabalhos. 

Art. 4º Os Procedimentos Operacionais Padrão da Unidade Fazenda Modelo entrarão em vigor após homologação do Secretário, que os publicará em resolução própria. 

Art. 5º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SEPDA INFORMA DATAS PARA AGENDAMENTO NOS POSTOS DE CASTRAÇÕES PARA O MÊS DE JANEIRO

TELEFONES PARA AGENDAMENTO DE ESTERILIZAÇÃO

ROMPENDO O SILENCIO - por Vinicius Cordeiro