SEMINÁRIO PROMOVIDO PELA SEPDA SOBRE ANIMAIS COMUNITÁRIOS FOI UM SUCESSO!


                         
Roberto de Carvalho - 01 de dezembro de 2016

A SEPDA promoveu (30/11) o Seminário de Animais Comunitários – Um Desafio Humano, que foi realizado no Plenário Evandro Lins e Silva da OAB-RJ, organizado em conjunto com Comissão de Proteção e Defesa dos Animais (CPDA) da OAB/RJ e ong OITO VIDAS. O evento contou com cerca de 150 pessoas e palestrantes, tais como o Desembargador Claudio Brandão de Oliveira, que falou sobre “A Proteção Legal do Animal Dentro do Nosso Sistema Jurídico”, e a gerente de programas veterinários da WAP, Rosangela Ribeiro que destacou o “Conceito de Uma Só Saúde” e destacou que “Os animais que possuem sistema nervoso, isso inclui todos os vertebrados e alguns invertebrados possuem senciência. Precisamos pensar nas necessidades de todos esses indivíduos”, disse.

Entre os palestrantes, a juíza de Direito Denise Appolinária dos Reis Oliveira, que atua em São Gonçalo, discorreu sobre o tema “O Animal Como Sujeito de Direito no Sistema Jurídico – A Experiência de São Gonçalo. E em seguida, a advogada Cristina Palmer mediou o Debate com perguntas. O advogado Marcelo Turra falou sobre o tema “A Proteção Animal Comunitário no Brasil”. Em seguida o professor Júlio Dornelles, da FACHA, outro módulo onde o trabalho da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente foi representada pelos agentes da Polícia Civil Bruno Teixeira e Rafael Matos, que expuseram suas experiências e discorreram sobre tema “A Correlação Entre a Crueldade Contra Animais e a Violência Humana” e destacou que “O maus tratos aos animais é um crime subnotificado”, ressaltou. O secretário Vinicius Cordeiro apresentou o relatório os trabalhos do Programa de Proteção aos Animais Comunitários da SEPDA.


A ativista Aparecida Negreiros discorreu sobre o CED-Capturar, Esterilizar e Devolver, “...a importância de estar especializado com uma demanda que é mundial”, destacou, e apresentou o Projeto Felinos com manejo de animais comunitários para instituições privadas tais como shoppings, condomínios, fabricas etc. Uma das palestrantes mais aguardadas, Lilian Queiroz, “a ativista ninja” presidente da ong OITO VIDAS, falou sobre como desenvolveu o método de captura e a expertise no trato com os felinos, sobretudo como os animais comunitários.


A SEPDA apresentou e propôs o Pacto Carioca Em Defesa Dos Animais Comunitários. O documento, proposto pela Secretaria Especial de Promoção e Defesa dos Animais (SEPDA) da Prefeitura do Rio de Janeiro, foi assinado por representantes do poder judiciário, ONGs de proteção animal, ativistas e simpatizantes de causa animal. O secretário da Sepda, Vinicius Cordeiro, afirmou que o Pacto é um compromisso para a próxima gestão da prefeitura. “Estamos fazendo um compromisso público para que não haja um retrocesso na questão da proteção animal aqui no Rio de Janeiro. Ao mesmo tempo, esse pacto simboliza um avanço entre a sociedade civil, o governo e ONGs”. 


As pessoas e entidades da sociedade cível e empresas homenageadas

O evento também serviu como momento de homenagear  personalidades e empresas com destaque na ação com os animais comunitários, reconhecidas perante o público presente.

Personalidades: a jornalista Cora Rónai , produção científica Médica veterinária Flavya Mendes de Almeida, protetora  Camila Simões Moita, médica veterinária Valeria Silva Moreira.  

A ONG: SOZED- Sociedade Zoófila Educativa. A UOP- Unidade de Ordem Pública- Leblon recebeu o Comandante da Adilson Moreira de Araujo e Chirlene Alves.
Empreendimentos, Shopping da Gávea, Barra Shopping, Città América e Beach.

Estiveram presentes representantes de ongs, como o novo presidente da SUIPA, Marcelo Mota e diretores, protetores independentes, representantes da CMRJ-Camara de Vereadores do Rio de Janeiro, e de órgãos de Proteção Ambiental de outros municípios como Petrópolis, Juiz de Fora e São Gonçalo.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SEPDA INFORMA DATAS PARA AGENDAMENTO NOS POSTOS DE CASTRAÇÕES PARA O MÊS DE JANEIRO

TELEFONES PARA AGENDAMENTO DE ESTERILIZAÇÃO

ROMPENDO O SILENCIO - por Vinicius Cordeiro